Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
14:00 Sessão Ordinária
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
05/04/2018 - 16h41min

Comitiva obtém em Brasília melhorias para Aduana de Dionísio Cerqueira

Imprimir Enviar

Santa Catarina mostrou sua representatividade política e econômica, nesta quinta-feira (05/04) em Brasília e a Aduana de Dionísio Cerqueira, no Extremo Oeste, terá melhorias para evitar mais prejuízos com a exportação e importação de produtos.

Em duas reuniões, a primeira na Receita Federal e a segunda no Ministério da Agricultura, as demandas foram ouvidas e entendidas nos órgãos responsáveis pela Aduana.

A comitiva que reuniu o Governador Eduardo Pinho Moreira, os senadores Dalírio Beber, Paulo Bauer e Dário Berger, o deputado estadual Marcos Vieira, que representou a Alesc, o prefeito de Chapecó Luciano Buligon, o representante da Secretaria Nacional de Seguridad de Fronteiras da Argentina Ramon Ortellado entre outras lideranças de Dionísio Cerqueira e do Paraná, mostraram as questões técnicas que precisam ser modificadas.

A explanação feita pelo deputado Marcos Vieira abordou o prejuízo que Santa Catarina está sofrendo “Por causa da falta de estrutura da Aduana, os caminhões chegam a ficar mais de 28 dias à espera da liberação. E isso não condiz com as Aduanas em outros estados, como São Borja, no Rio Grande do Sul, e Foz do Iguaçu, no Paraná, por exemplo que fazem todo o processo em menos de quatro dias”, disse Marcos Vieira, que ainda alertou sobre a Rota do Milho, que vai abrir um corredor de oportunidades para o Mercosul e vai trazer um novo ciclo de desenvolvimento para Santa Catarina.

“Santa Catarina é o oitavo maior produtor do milho e o segundo maior consumidor do país, precisando do cereal para a cadeia produtiva da agroindústria. A nova rota irá reduzir o tempo de espera do milho e os custos com o transporte, que hoje é somente terrestre, pois o milho vem do centro oeste do Brasil” comentou Marcos Vieira.

Já a Aduana de cargas de Dionísio tem capacidade para atender 4 mil caminhões/mês, mas atualmente consegue atender somente 1,2 mil/mês.perdendo fluxo para o Paraná e para o Rio Grande do Sul.

Com a nova rota, o movimento de caminhões pode pular para 5 mil/mês somente de milho, por isso as alterações na Aduana de Dionísio precisam ser urgentes.

O Secretário da Receita Federal do Brasil Jorge Rachid ouviu as lideranças e fez um relato sobre os pilares da Receita para o Brasil. “Estamos acompanhando as demandas, especialmente de Santa Catarina, e com certeza nossas atenções vão se voltar para agilizar o atendimento e evitar qualquer prejuízo”, garantiu Rachid, que definiu a falta de pessoal no quadro federal como sendo um dos pontos cruciais para os problemas apresentados.

No Ministério da Agricultura, a comitiva foi recepcionada pelo coordenador geral do Vigiagro Fernando Mendes, responsável pela Secretaria de Defesa Agropecuária Nacional. “Mostramos que os procedimentos adotados estão prejudicando nossa economia e nossos pleitos foram entendidos”, explicou o deputado Marcos Vieira.

Fernando Mendes garantiu que a situação será verificada com a maior urgência. “Também temos uma falta de pessoal em nossos quadros, em locais em que teríamos que ter doze servidores temos apenas quatro, mas esta questão de Dionísio Cerqueira terá uma atenção especial de nossa secretaria e vamos adotar as medidas para facilitar esse entendimentos, já que Santa Catarina é um local de excelência e merece ser respeitado, pois abre as portas do Brasil para o mundo”, garantiu o coordenador nacional.

O governador Eduardo Moreira disse que também coloca toda a estrutura do Estado à disposição dos técnicos do Governo Federal para que a solução seja a mais adequada e rápida possível.

Entre as ações concretas a serem tomadas de forma urgente estão: transferência de servidores federais, a alteração nos critérios de fiscalização sem perder a eficácia e segurança alimentar e a análise de ampliar o horário de expediente alfandegário, que pode ser estendida para as 24 horas.

Também participaram do encontro o deputado federal Celso Maldaner, o presidente da Ascoagrim Marcos Voltolini, presidente do Núcleo de despachantes Uilson Francosi, representante do movimento A Aduana é Nossa Laudi Granoski, Secretário de Agricultura de Santa Catarina Airton Spies, os prefeitos Thiago Gnoatto de Dionísio Cerqueira e Marco Aurélio Zandoná de Barracão (PR), e o vice-prefeito de Bom Jesus do Sul Paulo Deola, além do coordenador do Programa Faixa de Fronteira Flávio Berté.

Frases das lideranças:
"Unimos todas as nossas lideranças para que Santa Catarina não tenha mais prejuízos com os procedimentos na Aduana de Dionísio Cerqueira."
Eduardo Moreira, Governador do Estado de Santa Catarina

"Se fizermos uma comparação com as demais Aduanas, a de Dionísio Cerqueira não está dentro dos padrões de qualidade que Santa Catarina precisa."
Marcos Vieira, Deputado Estadual e representante da Alesc

"Santa Catarina não pode ser penalizada, pois somos referência mundial em produção agropecuária."
Dalírio Beber, Senador da República

"Precisamos de agilidade para que as nossas fronteiras não sejam empecilho para o desenvolvimento do Estado."
Paulo Bauer, Senador da República

“Dionísio Cerqueira é nossa principal porta de entrada de produtos e muito importante para Santa Catarina e para o Extremo Oeste.”
Luciano Buligon, Prefeito de Chapecó

“Entendemos a demanda e sabemos que temos que fazer alguma coisa, mas a solução definitiva passa ainda por um concurso público federal, embora mesmo sem um concurso, vamos adotar medidas para melhorar nossos procedimentos.”
Jorge Rachid, Secretário da Receita Federal do Brasil

“A quantidade de negócios e empregos que estão sendo prejudicados é muito grande. Precisamos de uma solução urgente”.
Flavio Berté, Coordenador da Faixa de Fronteira

Acompanhe Marcos Vieira


Marcos Vieira
Voltar