Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
18:45
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
10/04/2018 - 11h12min

Centro Regional da Defesa Civil de Rio do Sul garante mais agilidade no serviço

Imprimir Enviar
Deputado Milton Hobus em ato inaugural em Rio do Sul

Mais informações, agilidade nas ocorrências, simulados, preparação e respostas a desastres, ganharam reforço, no Alto Vale do Itajaí. Foi entregue hoje, em Rio do Sul, o Centro de Gestão de Risco e Desastres - Cigerd Regional. A estrutura construída em aço galvanizado foi erguida no bairro Fundo Canoas.

Sede Regional da Defesa Civil de SC, a estrutura possui cerca de 160 metros quadrados. A estrutura é dotada de equipamentos tecnológicos que vão proporcionar mais eficiência no serviço de emergência, durante uma crise. Além disso, os computadores e telão estão conectados a rede de inteligência, do Centro Integrado de Gestão de Riscos de Desastres de Santa Catarina, sediado em Florianópolis.

Com investimento de cerca de R$ 850 mil, o prédio foi construído num terreno cedido pelo município, que entendeu a importância do serviço aprimorado entre as instituições de segurança. O deputado Milton Hobus (PSD) destacou a importância desse empreendimento, mas reforçou que as cheias não vão deixar de existir por conta de obras estruturantes. Para ele, o sistema vai muito além de obras. "Temos que entender que as obras já executadas se somam a outras ações e que dependem de todos e tem gente que vê as obras apenas e não entendem o complexo todo,” destacou.

O secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, lembrou que são 19 Centros Regionais espalhados por Santa Catarina e que estarão todos vinculados ao Sistema inovador que vai operar em 295 municípios. "Ter todas as informações dos municípios vai possibilitar ações mais rápidas e certas pelo Estado e estamos trabalhando pra tornar isso realidade.”

O Estado investiu pesado no Sistema de Proteção Civil. Hobus lembrou que a mudança nesse conceito, teve início em 2013, com projetos ousados e importantes como as sobrelevações de barragens em Ituporanga e Taió, construção de canal extravsores, projetos para mais barragens, em Mirim Doce, Petrolândia, Pouso Redondo, Agrolândia e Botuverá. O melhoramento da calha dos rios no Vale do Itajaí também fazem parte desse sistema. Só assim, Santa Catarina poderá sentir um efeito mais expressivo do controle de cheias no Vale do Itajaí e que beneficiará, cerca de 1 milhão de pessoas.

Acompanhe Milton Hobus


Milton Hobus
Voltar