Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
21:00
Ouvir
21:00 Cidade Inteligente

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
29/03/2017 - 16h05min

Berlanda se reúne com secretário da Fazenda para tratar do setor moveleiro, madeireiro e de celulose

Imprimir Enviar
Deputado Berlanda em reunião na Secretaria da Fazenda FOTO: Filipe Cruz/Divulgação

Deputado Berlanda (PR) passou a manhã na Secretaria de Estado da Fazenda, em Florianópolis, reunido com o secretário Antonio Gavazzoni, deputados  e empresários do setor moveleiro, madeireiro e de celulose do estado, em busca de melhorias para os setores.

A pauta faz parte das ações da Frente parlamentar implantada na Alesc que irá buscar auxílio fiscal para as categorias, entre elas prorrogação e redução de ICMS e um parcelamento maior do Refis.

O impasse está na diferença do importo sobre circulação de mercadorias e serviços, o ICMS,  de Santa Catarina com os demais estados. As alíquotas do imposto nas operações e prestações internas é de 17%. Já para as operações e prestações de outros estados para o nosso fica em 12%.

Berlanda lembrou que é um retrocesso para o desenvolvimento desses importantes setores de Santa Catarina, tendo em vista que fica mais barato os empresários comprarem matéria prima e produto dos outros estados por conta da diferença de 5% no imposto. "Nossos produtos ficam mais caros, mesmo produzidos aqui, sendo que os produtos dos outros estados, como Paraná e São Paulo, quando chegam em Santa Catarina, saem mais baratos. E aí, qual você vai preferir comprar?", questionou o deputado.

Segundo o secretário Gavazzoni, a prorrogação do ICMS está bem encaminhada. "Próximo passo é um contato com o governador para ser assinada a prorrogação. Somos o único estado no Brasil que existe essa diferença de imposto", afirmou.

O deputado Berlanda aproveitou a oportunidade para questionar sobre a prorrogação do imposto também para o setor da agricultura e citou os produtores de alho que estão sofrendo do mesmo problema.

A próxima ação do grupo é agendar uma reunião com o governador Raimundo Colombo para agilizar a prorrogação do imposto.


 

Filipe Cruz
(48) 3221.3063

Gabinete Deputado Nilso Berlanda
Assessoria de Imprensa
Contato: 3221.2915
www.facebook.com/deputadoberlanda

Acompanhe Nilso Berlanda (suplente)


Nilso Berlanda (suplente)
Voltar