Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Whatsapp Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
20:30 Destaques da Semana
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
Publicado em 19/12/2019

Horto medicinal conta com mais de 100 espécies de plantas

Imprimir Enviar
Horto Medicinal Aroma Flor, em Palmitos; local é opção de lazer com trilha ecológica e outros atrativos

Com seu jeitinho simples, de gente do interior, o sotaque característico do Oeste catarinense e a fala serena, Edel Schneider transmite paz e tranquilidade. A atmosfera de suavidade se completa com muito verde, o som dos passarinhos e o cheiro da vegetação – só de plantas medicinais são mais de 100 espécies.

Seu Horto Medicinal Aroma Flor, em Palmitos, ainda tem alimentação saudável, artesanato, banheiro ecológico, aproveitamento da água da chuva, tudo isso integrado com a natureza e valorizando os saberes antigos e a sabedoria popular. O local recebe visitas de vários lugares, grupos de escolas e de mulheres.

Edel Schneider, proprietária do horto“Eles vêm passar um dia aqui, a gente recebe e, dependendo do que eles gostam, a gente tem plantas medicinais, flores, alimentação saudável. Depende de cada pessoa o que ela deseja”, explica dona Edel. “É um dia diferente”, garante.

O cultivo de plantas e o hábito da alimentação saudável ela traz desde a infância, por influência dos pais. Mas foi nos cursos do Movimento das Mulheres Camponesas de Chapecó que ela passou a considerar a possibilidade de tornar aquilo tudo um modo de vida. Hoje, o horto é uma opção de lazer com trilha ecológica, bolos, chás e até refeições preparadas com plantas alimentícias não convencionais, conhecidas como PANCs.

Expansão
O Horto Medicinal Aroma Flor é um dos três incluídos no Caminho dos Aromas e dos Chás e Cicloturismo Velho Oeste. Com a possibilidade de receber novos visitantes em duas rodas, dona Edel já pensa em expandir as atividades para incluir hospedagem no rol de serviços. Afinal, nada como um clima de paz e sossego para ajudar a recuperar o corpo cansado de um dia inteiro pedalando.

Voltar